segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

O Porto em Agosto

Cidade do Porto
num sábado à tarde
do mês de Agosto.
Passeio pela cidade
que triste realidade,
ruas sujas
pombos enfarruscados
jardins mal cuidados.
Nem gota de água nas fontes,
os prédios degradados
que imagem decadente
impossível ficar indiferente!
Como pode aqui viver gente?

Uma cidade tão bonita,
como chegou a esta situação?!
Culpa pois então, de uma má gestão!
Só alguém sem sensibilidade,
faz isto a uma cidade.

Finalmente,
uma rua decente
esta até tem gente,
prédios restaurados,
bonitos, pintados,
bem arranjados.
Azulejos,
ferros forjados,
vasos nas varandas e janelas
quais flores nas lapelas,
uma calçada,
por sorte não foi asfaltada!

Subi até à Sé
que bonito que isto é.
Gaia, o rio
todo este casario,
dá até um arrepio.

Tanta grua levantada
prova de que a cidade
começa a ser restaurada.
Será que finalmente
ficará com gente?
Habitada de verdade
e dela não reste apenas
uma saudade,
uma memória
de como foi
importante para a História?!

2 comentários:

tinta permanente disse...

E o retrato dói, mói e corrói. No Porto. Sem gosto...

abraços!

Edu disse...

Ao ler isto quase que até fico a gostar um bocado desta cidade feia.
Deves ver algo de especial nela que eu ainda nao descobri.